Infarmed - Medicamento para preservação da malária esgotado

O Infarmed confirmou que um dos medicamentos para prevenir a malária está esgotado em Portugal, mas indicou que está a avaliar alternativas para o reabastecimento, avisando que existe outro fármaco disponível.

A informação foi confirmada após uma notícia que deu conta que as "últimas embalagens de mefloquina se venderam no início de maio".

A reposição de stock de mefloquina está prevista para 27 de julho, estando o Infarmed "neste momento a avaliar alternativas para o abastecimento do mercado com esta substância".

De acordo com a Autoridade do Medicamento, os medicamentos com mefloquina têm alternativa terapêutica na sua indicação principal (Atovaquona + Proguanilo), que pode ser utilizada e "não tem ruturas notificadas", ou seja, está disponível no mercado.

O Infarmed está a fazer um levantamento, junto de várias empresas, dos mercados onde o medicamento esteja disponível para proceder a uma autorização de utilização especial que garanta o abastecimento nesta fase de rutura.

Segundo o Infarmed a empresa responsável pela autorização de introdução no mercado da mefloquina "também foi contactada no sentido de encontrar soluções em mercados alternativos".

29-05-2018